segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

A IBM, o novo Centro de Operações do Rio de Janeiro e as Redes Sociais


O novo Centro de Operações da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro vai funcionar 24 horas por dia, 7 dias por semana, todos os dias do ano. Foram usados mais de 300 mil metros de cabos de telecomunicações para integrar as informações recebidas e geradas pelo Centro. São mais de 300 monitores espalhados por 100 salas. O Centro tem o maior telão da América Latina, com 80 metros quadrados, composto por 80 monitores de 46 polegadas, que será constantemente utilizado por 400 operadores, trabalhando em 3 turnos.

Este é o primeiro projeto de Cidade Inteligente da IBM na América Latina e um dos mais modernos do mundo. Toda esta tecnologia já está a disposição da Prefeitura do Rio de Janeiro e vai interligar 30 órgãos municipais e diversas concessionárias (1 e 2). O Centro de Operações é uma exigência imposta pelo COI para a realização dos Jogos Olímpicos de 2016.

Com o Centro, a Prefeitura vai poder monitorar a cidade a cada segundo do dia, através de mais de 100 câmeras espalhadas pela cidade, e tomar ações em tempo recorde, evitando problemas maiores para a cidade. Os problemas causados por um simples acidente de carro, que outrora bloqueavam ruas e causavam caos em determinadas áreas, podem virar história.

Ao mesmo tempo, imagino uma nova fase do projeto. Da forma que está, já é um super presente para o carioca. Imagino uma nova fase, com um Centro de Operações ainda mais interligado com Redes Sociais. E não estou falando apenas da integração com o Twitter, que já está em operação. Penso em algo mais amplo, que pode fortalecer o conceito de cidadão carioca.

Imagino a criação de Comunidades, que podem ser compostas por moradores de um bairro, de uma região ou que, simplesmente, compartilhem um interesse comum. Estas comunidades poderiam receber informações personalizadas do Centro de Operações, produzidas exclusivamente para seus membros.

Imagino a possibilidade de a Prefeitura definir níveis de serviço para cada órgão, monitorar pelo Centro de Operações e compartilhar, através de um grande Painel de Controle, com os cidadãos. A cada momento, poderiamos saber como está o nível de atendimento da Polícia, de uma concessionária de ônibus ou dos bombeiros.

Imagino a criação de centros de educação em cidadania, onde através de educação a distância se poderia treinar cidadãos.

A interligação da Prefeitura com todos os órgãos municipais, com as concessionárias de serviços e com outras prestadoras de serviço vai trazer um benefício enorme para a cidade. A possibilidade de compartilhar as informações via Redes Sociais pode dar ao projeto uma dimensão única, multiplicando seus benefícios e levando-os para todos os cidadãos do Rio de Janeiro e para os milhões de turistas que visitam a cidade a cada ano.

(1) http://jcrs.uol.com.br/site/noticia.php?codn=50495
(2) http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/noticia/2010/12/novo-centro-de-operacoes-garante-mais-seguranca-nas-festas-cariocas.html

5 comentários:

  1. Bernadette Castilho6 de janeiro de 2011 11:15

    Imagino este mundo de redes interligadas a outras redes, todas em prol da melhoria da qualidade de vida, assim como vc! Mas o mais legal nisto tudo é que não é coisa para o futuro, mas para o presente. A cada dia fico mais fascinada com as possibilidades disponíveis. Se vc está no trânsito e tudo pára, repentinamente, dá para consultar o trânsito on line no i-phone e buscar outras alternativas.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pelo comentário, Bernadette. Realmente as possibilidades são infinitas e, o melhor, não estamos falando de futuro. Agora depende muito de nós mesmos fazer tudo isso acontecer. Eu acrescentei o video ao post para dar uma idéia melhor de uma parte da parceria entre a IBM e a Prefeitura. Tem muito mais acontecendo mas a "menina dos olhos" do momento é o sistema de previsão meteorológica. Vale assistir.

    ResponderExcluir
  3. Gostaria mt de saber se esse painel da prefeitura do rio, acompanha em tempo real o que acontece em todos os bairros, por exemplo: Campo Grande, Bangu, Santa Cruz, ou somente os bairros da zona sul, centro e alguns da zona norte. Aguem poderia me dizer. Obrigado

    ResponderExcluir
  4. Flávio, tudo bem ? Estou aqui me inspirando em seu blog para fazer uma palestra hoje no Sul. Obrigado pelo vasto material disponível. Mas, também quero colaborar um pouco: estivemos palestrando no TEDx Curitiba em Junlho e eu tive o prazer de conhecer e convesar com o Rene Silva, jovem fundador da Voz da Comunidade do Morro do Alemão. A palestra dele foi sensacional. É um exemplo perfeito da integração da Midia Social com o Centro de Informações do RJ. Se quiser eu te apresento ele, até porque eu gostaria de ver ele, você e Mário Costa juntos falando deste caso real !

    ResponderExcluir
  5. Canova, obrigado pelo seu comentário e, principalemnte, pela contribuição! Vai ser um prazer conhecer o Rene. Estou de férias até o dia 12/09. Vamos nos falar na volta e acertar uma foram de nos encontrarmos.

    ResponderExcluir